9° dia da novena de Nossa Senhora da Conceição

No dia 7 de dezembro,  a paróquia recebe o querido padre Luís Cláudio  para celebrar a missa do 9° dia da novena de Nossa Senhora da Conceição.

Na homilia, ele nos leva a uma profunda reflexão sobre Maria.

A 1° Boa Nova vem do ventre imaculado de Maria, que foi escolhida para ter o salvador. Recebe a graça de ter o seu filho Jesus,  o rebento da flor puríssima, que é Maria.

Jesus que cura os coxos, aleijados, que evangeliza.

Maria concebeu Jesus primeiro em seu coração e depois no ventre porque acolheu com obediência o anúncio do anjo Gabriel.

O Advento nos prepara o coração para a vinda de Jesus. Devemos preparar o nosso coração para a segunda vinda do Senhor, a vinda plena, do libertador. O Cristo já é conosco, o Emanuel que já  está entre nós no rosto de cada irmão.

Não adianta celebrarmos o advento se não celebrarmos Jesus nos nossos irmãos invisíveis que estão na sarjeta, abandonados pela sociedade.

Não adianta festejar o Natal, se você não acolhe o irmão; não queiramos ter um Natal hipócrita, disse o padre Luís Cláudio.

O Reino dos Céus está próximo de nós,  está no meio de nós, está no irmão desfavorecido.

Aproveitemos o tempo do Advento para a conversão ao outro, porque o outro é Jesus. Uma Igreja em saída, missionária como diz o Papa Francisco.

Maria Santíssima saiu para servir e logo converteu -se ao outro. Isso quer dizer, serviu ao outro. Maria serviu a voz da caridade, foi presença do Senhor. Viu em sua prima Isabel o Senhor. Foi uma mãe solícita,   humilde.

Que sejamos uma Igreja serva!
Que não fiquemos só na poesia.
Que a Liturgia não fique tão preocupada com  os símbolos da e os gestos, mas com a caridade.

Se não estivermos  prontos para servir, ainda não somos cristãos de verdade.
Colocar -se a serviço para que sejamos cristãos de verdade.

São João Batista disse: ter a mesma humildade de Maria  e de Jesus. Eu não  sou digno nem de desamarrar as sandálias.

Não devemos ter vaidade. Não queiramos ser o centro no serviço da Igreja.  Não somos referência de nada. A referência é Jesus!

A Igreja não é uma empresa!

Não devemos agir com falta de senso!

Que tenhamos a humildade de São João Batista e de Maria!

Preparai o caminho do Senhor!

Padre Luís Cláudio,  deixamos aqui o nosso muito obrigada pela reflexão!

O gesto concreto da noite foi fralda infantil e geriátrica.

A paróquia de Nossa Senhora da Conceição agradece aos fiéis as doações feitas com tanto amor.

” Dá- nos a benção e a proteção,  Nossa Senhora da Conceição!”

Viviane Lopes Batista de Andrade