Domingo de Ramos

Com a celebração do Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor, iniciamos a “grande semana”, como dizia São Paulo VI. Uma celebração marcada por dois momentos em total sintonia que é a aclamação da entrada de Jesus em Jerusalém e o anúncio da sua paixão. A liturgia da Palavra, um convite a uma profunda reflexão sobre o servo sofredor (1ª leitura e o salmo responsorial), a entrega sem reservas de Jesus pela causa do Reino (2ª leitura) e cada passo do julgamento injusto pelo qual passou Jesus.

A celebração teve início com a bênção dos ramos e a procissão com grande participação saindo da antiga prefeitura até a igreja matriz onde foi celebrada a Eucaristia.
Leonardo Ramos.