Comunicado – Nota Litúrgica

 

O TRÍDUO PASCAL

As NORMAS UNIVERSAIS SOBRE O ANO LITÚRGICO, no que se refere ao Tríduo Pascal, assim nos ensinam: “Como o Cristo realizou a obra da redenção humana e da perfeita glorificação de Deus principalmente pelo seu mistério pascal, quando morrendo destruiu a nossa morte e ressuscitando renovou a vida, o sagrado Tríduo pascal da Paixão e Ressurreição do Senhor resplandece como o ápice de todo o ano litúrgico. Portanto, a solenidade da Páscoa goza no ano litúrgico a mesma culminância do domingo em relação à semana. O Tríduo pascal da Paixão e Ressurreição do Senhor começa com a Missa vespertina na Ceia do Senhor, possui o seu centro na Vigília Pascal e encerra-se com as Vésperas do domingo da Ressurreição. Na Sexta-feira da Paixão do Senhor, observe-se por toda a parte o sagrado jejum pascal. E, onde for oportuno, também no Sábado Santo até a Vigília Pascal. A Vigília pascal, a noite santa em que o Senhor ressuscitou, seja considerada a “mãe de todas as santas vigílias’’, na qual a Igreja espera, velando, a Ressurreição de Cristo, e a celebra nos sacramentos. Portanto, toda a celebração desta sagrada Vigília deve realizar-se à noite, de tal modo que comece depois do anoitecer ou termine antes da aurora do domingo” (nn. 18-21).

Portanto, destacando que o Tríduo Pascal é o ápice do ano litúrgico e dado que a Eucaristia “está sempre no centro da vida eclesial” (Sacramentum Caritatis, n. 6), é imprenscindível que todas as celebrações desses três dias sejam presididas unicamente pelo Ministro Ordenado. Não compete aos Ministros Extraordinários da Palavra (MEP’s) dirigir quaisquer celebrações que se assemelhem aos ritos do Sagrado Tríduo.

Contudo, nas Capelas mais distantes das Matrizes paroquiais, onde o povo de Deus, por falta e condução ou por outro motivo justo, estiver impedido de participar de tais celebrações, a comunidade poderá se reunir para uma meditação da Palavra ou para outra manisfestação piedosa da fé, como a recitação da Via-Sacra, por exemplo.

http://www.diocesenf.org.br