Programação da Semana Santa

09 de Abril  –  

DOMINGO DE RAMOS E DA PAIXÃO DO SENHOR

 O que impressiona nesta Liturgia que antecipa o mistério da cruz de Jesus, é a condenação sem crime. Jesus, que tirou Lázaro da morte e que entra em Jerusalém de forma pacífica, é condenado. Como não pensar em tantas pessoas, no mundo inteiro, que por escolher o caminho do bem foram vítimas do ódio?

Que a Eucaristia deste domingo nos dê lucidez para compreender os acontecimentos e nos dê a graça de ficar do lado do bem.

 

SETOR PASTORAL CENTRO

Comunidade Nossa Senhora da Conceição (Matriz)

7h30 – Bênção e Procissão de Ramos

Início na Av. Amazonas, esquina com Rua Guaporé. 8h – Missa

 18h e 20h – Missa (início no pátio da matriz com a bênção e procissão dos ramos)

  

SETOR PASTORAL NORTE

9h30 – Bênção e Procissão de Ramos

Início debaixo da ponte sobre o rio das ostras 

10h – Celebração da Palavra na Comunidade Santo Amaro (Nova Esperança)

  

SETOR PASTORAL NOVA CIDADE

9h30 – Bênção e Procissão de Ramos

Início na Rua Bangu – Comunidade São Francisco e Santa Clara 

10h – Celebração da Palavra na Comunidade Nossa Senhora Aparecida

(Loteamento Gelson Apicelo)

12 de Abril –  

VIA-SACRA NO CENTRO DA CIDADE

18h30 – Missa na Comunidade Nossa Senhora da Conceição (Matriz)

 19h – Início da Via-Sacra pelas ruas do centro da cidade


13 de Abril

  MISSA VESPERTINA DA CEIA DO SENHOR E INSTITUIÇÃO DA EUCARISTIA

 

O memorial da última ceia de Jesus recorda para a Igreja o verdadeiro sentido da Eucaristia: ceia fraterna, em torno de uma mesa, partilhando no pão e no vinho a entrega da própria vida, no mandamento novo feito serviço solidário (lava-pés).

Em comunidade de fé, celebramos a Ceia do Senhor: Todas as vezes que comemos deste pão e bebemos deste cálice, anunciamos a morte do Senhor até que Ele venha (1Cor 11, 26). Que esta celebração desperte nossa consciência para o verdadeiro sentido de partilhar nossa ceia com o Senhor.

20h – Comunidade Nossa Senhora da Conceição

(Matriz) 

21h30 à 24h – Vigília com Jesus no horto

(Após a meia-noite e até a Celebração da Paixão seja feita sem solenidade e em profundo silêncio). 

 14 de Abril

PAIXÃO DO SENHOR

O mistério da Cruz de Jesus nos coloca diante do grande questionamento da humanidade, jamais respondido: por que o sofrimento e a morte? Com sua cruz, Jesus não explica, mas assume como sua, a dor dos inocentes, dos injustamente condenados, dos pobres discriminados.

Hoje a Igreja não celebra a Eucaristia, mas com solene austeridade faz memória da paixão e morte do Senhor. Ouvimos com reverente atenção o relato da paixão e oramos por todos os irmãos e irmãs, assim como fez Jesus com seus braços abertos estendidos na cruz. Ao beijar a cruz, coloquemos no coração de Deus as dores do mundo inteiro.

 

SETOR PASTORAL CENTRO

 15h – Celebração da Paixão na Comunidade

Nossa Senhora da Conceição (Matriz)

(Após a celebração e durante todo o Sábado Santo, a cruz permanece para veneração na mesma capela onde foi feita a Vigília com Jesus no horto).

15h – Celebração da Paixão na Comunidade São João Batista (Operário)

 15h – Celebração da Paixão na Comunidade Santa Rita (Nova Aliança)

 

SETOR PASTORAL NORTE

15h – Celebração da Paixão na Comunidade Santa Luzia (Liberdade)

SETOR PASTORAL NOVA CIDADE

15h – Celebração da Paixão nas Comunidades:

Nossa Senhora Aparecida (Lot. Gelson Apicelo)

São Francisco e Santa Clara (Nova Cidade)

Nossa Senhora de Fátima (Rua da Fonte)

15 de Abril

 

VIGÍLIA PASCAL

Comunidade Nossa Senhora da Conceição (Matriz)

Crer na ressurreição implica em continuar afirmando a força da vida, onde a morte parece ter encontrado sua morada. Nossa esperança está fundamentada em Cristo que afirma: Tende coragem, eu venci o mundo (Jo 16, 33). Ele permanece conosco para sempre.

A Vigília Pascal, mãe de todas as vigílias, comemora a noite santa em que Jesus ressuscitou. Nossas pequenas chamas, acesas em meio à escuridão, expressam nossa esperança que as noites da humanidade serão interrompidas pela luminosidade de quem se coloca do lado dos pobres, de quem luta pelo cuidado da criação, de quem aposta no bem.

 20h – Início com a bênção do fogo novo nas areias da praia do bosque (Centro)

 

16 de Abril

DOMINGO DA PÁSCOA NA RESSURREIÇÃO DO SENHOR

 No momento atual, como em muitos momentos da história, o mundo parece encontrar-se num beco sem saída. São tantos os acontecimentos que geram incertezas e desesperanças… Mas, ainda assim, em meio às tragédias, há sinais de humanização e solidariedade.

A ressurreição de Jesus aponta para o que, aparentemente, parece impossível: vida onde há morte, alegria na tristeza. Eis porque nos reunimos neste dia para dar graças e renovar nossa esperança, na luz que vende as trevas.

8h, 18h e 20h – Missas na Comunidade Nossa Senhora da Conceição (Matriz)

 10h – Missa na Comunidade Santa Luzia (Liberdade)

 10h – Celebração da Palavra em todas as Comunidades da Paróquia.